Como melhorar a rotina empresarial com a Internet das Coisas (IoT)?

A Internet das coisas é uma tendência que vem ganhando força também nas empresas. E não é para menos. Um estudo da CI&T e da Opinion Box, realizado com 1241 executivos brasileiros, apontou que 44,8% dos profissionais já veem a IoT como indispensável para o crescimento das empresas. A pesquisa ainda mostra que 22% dos líderes empresariais adotaram ações em 2020 para digitalizar os negócios.


Desde o dia 1º de janeiro de 2021, está em vigor a Lei nº 14.108/2020, conhecida como a Lei da Internet das Coisas. Apesar dessa denominação, a lei não regula a Internet das Coisas ou IoT (Internet of Things), mas apenas reduz a zero a alíquota de determinadas taxas e contribuições para as comunicações realizadas de máquina a máquina. Além disso, com o 5G já sendo uma realidade, o potencial do uso da IoT só aumenta. Segundo projeções da McKinsey, o Brasil pode ganhar 27 bilhões de dólares em potencial econômico até 2025, graças à economia com gestão pública, transporte, segurança e energia promovida pela IoT.


As previsões são animadoras, mas é preciso reconhecer que a conscientização de todas as oportunidades e possibilidades oferecidas pela IoT, especialmente no campo profissional, ainda é uma parte a ser explorada. Vamos falar melhor sobre elas a seguir.


O que é a Internet das Coisas (IoT)?

A IoT é a conexão entre objetos físicos e objetos digitais, sem intervenção humana. São funcionalidades oferecidas por aplicativos online que permitem que nossos objetos, uma vez conectados, realizem ações concretas no mundo real. Os dispositivos sabem quando enviar as informações necessárias que obtêm em tempo real - geralmente por meio de sensores - para outros dispositivos para facilitar a nossa vida.


Para ser mais específico, a Internet das Coisas refere-se aos sistemas de dispositivos físicos através dos quais os dados são transferidos e recebidos por redes sem fio.


Com a inteligência artificial e o machine learning, o processamento de dados também pode ir muito além com a antecipação de problemas e incidentes ou até mesmo a criação de algoritmos preditivos, por exemplo.


A Internet das Coisas nas empresas

Como não poderia ser de outra forma, as empresas também fazem uso da Internet das Coisas de olho na eficiência e, consequentemente, no aumento da competitividade e produtividade. Em um mercado tão complexo quanto o atual, essas características são essenciais para qualquer empresa que busca se destacar.


Além disso, as empresas estão muito mais conscientes do comportamento de seus clientes, bem como de seus interesses e problemas. Isso ocorre porque os dispositivos assumem tarefas, mas principalmente porque coletam dados dos quais surgem conhecimento e insights. Assim, é possível fazer melhores escolhas, desenvolver novos serviços ou mudar modelos de negócios inteiros. Mas não só isso.


Outros benefícios que a IoT traz

Energia

Permite o monitoramento remoto do consumo de energia. Desta forma, o referido consumo pode ser otimizado com o uso de tais dispositivos inteligentes.


Logística e transporte

Imagine rastrear veículos, ter controle de tráfego, além de encontrar estacionamento com mais facilidade? Tudo isso é possível com a internet das coisas.


Medicina e saúde

Possibilita a implementação de sistemas que monitoram colaboradores e notificam emergências ou médicos se necessário, com base em dados em tempo real.


Aproveite e não deixe sua empresa para trás

A Internet das Coisas está repleta de possibilidades para facilitar as ações cotidianas no mundo real. Sendo assim, não podemos esquecer que também são necessários passos significativos em termos de negócios e organização. É por isso que GLOBALBLUE orienta as empresas nos desafios mais importantes das telecomunicações e demais tecnologias. Converse com os nossos especialistas e conheça as nossas soluções e serviços para o seu condomínio.