Os diferentes sistemas de controle de acesso para o seu empreendimento

Ser capaz de tornar o empreendimento comercial um local seguro é um dos maiores desafios de qualquer síndico. Nesse sentido, sistemas de controle de acesso se tornam algo inerente à dinâmica de gestão desse tipo de imóvel. O natural é que os síndicos busquem soluções eficazes para isso, investindo em medidas de segurança adequadas com sistemas que utilizam ao máximo toda a tecnologia disponível atualmente.



Os sistemas de controle de acesso passaram por uma evolução ao longo dos anos. Um dos primeiros sistemas tecnologicamente avançados a chegar ao mercado foi o cartão de proximidade, depois os leitores biométricos com impressões digitais e reconhecimento facial, e agora também a portaria remota. Vamos falar um pouco melhor sobre eles a seguir, fornecendo algumas recomendações e destacando a importância de estabelecer este tipo de controle.



O que é um sistema de controle de acesso?


É um mecanismo eletrônico que permite restringir a entrada de pessoas não autorizadas em áreas protegidas por sistemas de segurança. Além disso, permite que colaboradores entrem e saiam das dependências do empreendimento, garantindo a segurança e a gestão dos funcionários. Mas é importante que este sistema de acesso possa estabelecer diferentes níveis de acesso e flexibilidade quando se trata de poder dar autorização em diferentes zonas e horários. Principalmente quando se trata de visitas pontuais, que representam um baixo nível de acesso.


O sistema de controle de acesso tem uma ótima relação custo-benefício e é fácil de usar, tanto para usuários quanto para seguranças.


Três tipos de controles de acesso


Cartões de proximidade

Além do acesso, o cartão de proximidade estabelece os limites permitidos de acordo com as funções e as necessidades.


É um dos controles de acesso mais utilizados em empreendimentos comerciais. Feito por radiofrequência através de chaves eletrônicas, cartões, ID, senhas, estabelece os limites permitidos de acordo com as funções e as necessidades. Isso porque trabalha com integração de dados, possibilitando a liberação ou restrição automática sem a necessidade da ação humana. Além disso, é possível visualizar os dados da pessoa ou veículo que está acessando a área restrita, bem como baixar relatório de históricos.


Um de seus grandes pontos fortes é a grande capacidade de armazenamento de dados, o que o torna ideal para grandes empreendimentos.



Biometria

São conhecidos como sistemas inteligentes de controle de acesso ou sistemas de IA (Inteligência Artificial) por serem os mais modernos do mercado de segurança. Seu funcionamento se baseia na detecção de características físicas do indivíduo para posteriormente permitir ou negar seu acesso à área monitorada.


Também serve como forma de controle de colaboradores, visto que evita o roubo de identidade e acaba com os problemas de esquecimento ou perda de cartões. De fácil instalação, é extremamente seguro, podendo incluir a identificação através da íris do olho do indivíduo para níveis máximos de segurança.




Portaria remota

Moderna, reduz os custos com tecnologia inovadora. O controle é feito por meio de câmeras que enviam suas imagens para uma central de segurança. Assim, profissionais especializados acompanham e liberam o acesso.


Normalmente instalado nos portões elétricos, catracas, elevadores, barreiras ou nas entradas das suas instalações ou edifícios, um sistema de intercomunicação com interface de controle de acesso e CFTV que se conecta diretamente à uma sala de controle. São solicitadas as credenciais, sendo feita a verificação visual de cada pessoa que solicita a entrada, bem como o propósito da visita. Todos os visitantes podem ser verificados em relação às listas de acesso como parte de processos personalizados antes que o acesso seja liberado.


Acessos às infraestruturas de telecom também exigem atenção

Estar atento aos "acessos técnicos" também é fundamental para o bom funcionamento e segurança do seu condomínio. Quantas vezes já não ouvimos relatos de criminosos tentando se passar por técnicos de operadoras para realizar atividades ilícitas no condomínio? Ou tentativas de interceptações, escutas ou mesmo sabotagem? Todas essas situações são preocupantes a qualquer gestor predial e/ou síndico, em função de suas responsabilidades como responsáveis legais pelo condomínio.


Por isso, é importante ter total controle de qualquer tentativa de acesso às infraestruturas de telecom do condomínio. Assim é possível se certificar que elas são legítimas, ocorrendo a confirmação junto ao solicitante e também à operadora.


Além disso, lembre-se que toda atividade técnica no condomínio deve ter um projeto elaborado por engenheiro, e também analisado e aprovado pelo engenheiro responsável, antes de ser executado.


Como a GLOBALBLUE pode ajudar?

Nossa elaboração, execução e gestão de infraestrutura de telecomunicações conta com implantação de Sala POP com sistema SIR (gerenciamento de imagem remota). Na prática, isso evita que pessoas mal intencionadas acabem tendo acesso a essas infraestruturas. Além disso, contamos com CAT (Central de Atendimento Técnico) com supervisão e plantão técnico para atendimento 24x7.


Converse agora com os nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas. Estamos esperando o seu contato!